Às vezes a gente acha que faz parte de uma comunidade - mas é só ilusão.

    Às vezes a gente acha que faz parte de uma comunidade; no começo você acha as pessoas simpáticas, parecem dispostas a ajudar; a gente se empolga com a aparente empolgação delas, quer as mesmas coisas que essas pessoas têm & usam, compramos coisas que não precisamos, assinamos serviços que não iremos usar, só porque todos começaram a falar neles; é sempre assim. Então nos damos conta de que é apenas uma ilusão; não fazemos parte, de verdade, dessa comunidade; somos, no máximo, tolerados - pelo dinheiro que pagamos e para que possam dizer que estão abertos à diversidade cultural.

    Ler mais ->


    Ontem recebemos a visita de um garoto autista

    Um casal de amigos veio jantar em casa ontem, com seu filho de 5 anos, diagnosticado com transtorno do espectro autista; minha esposa foi professora por de 30 anos e teve contato com muitas crianças autistas mas, para mim, foi uma novidade; um menino super inteligente, hiperativo, curioso e carinhoso; que bom está com um acompanhamento sério para que possa se desenvolver plenamente.

    Creating a new persona

    A long time ago, I created a Second Life account under the name Start Huet. I don’t remember how the name was chosen, but I always had a lot of affection for it. Now, I have decided to create another persona for myself with an independent life, using this pseudonym. This essentially involves having a domain, an email address, a blog and a Mastodon account. Stark Huet loves tech, music from the 1980´s, vintage computing, distopies and reading about productivity techniques and apps

    Ler mais ->


    Não usar com medo de perder

    Desde a adolescência tenho um comportamento que volta regularmente, sem que eu perceba e apenas recentemente me dei conta dele: é deixar de usar algo com medo de perdê-lo, ou ele quebrar, ou não puder contar com ele no futuro, por qualquer motivo. Já foi assim com uma agenda eletrônica nos anos 1990 (e se eu colocar muita informação nela e ela quebrar?), com relógios e canetas mais caros, com roupas, meus canivetes de coleção e com coisas que nem lembro mais.

    Ler mais ->


    Protocolo para comer caviar?

    Vi na TV agora, em um programa de viagens & gastronomia, qual o “protocolo” para se apreciar o caviar: inicia limpando o paladar com vodka ou espumante (de ótima qualidade), depois retira um pouco de caviar da lata com uma espécie de colher, coloca na mão, na parte gordinha entre o polegar e o indicador, e lambe.

    Ler mais ->